cartaz Ciclo Pgina 1

 cartaz Ciclo Pgina 2

Auditório João César Monteiro

29 de JUNHO a 31 de AGOSTO, 21H30

No Centro de Artes e Espectáculos da Figueira da Foz irá realizar-se, de 29 de junho a 31 de agosto, no Auditório João César Monteiro, um ciclo de Homenagem a Realizadores Figueirenses, no âmbito das Comemorações dos 250 Anos de Elevação da Figueira da Foz a Vila.
Estas sessões, de entrada gratuita, realizam-se às quartas-feiras, pelas 21h30, e contarão com a presença dos realizadores/produtores dos filmes, para uma conversa com o público presente.

Programação
29 de junho, 21h30 – “VIEIRARPAD”, de João Mário Grilo
CARTAZ VIEIRARPAD Joo Mrio Grilo web

Sinopse“VIEIRARPAD” parte da correspondência do casal Maria Helena Vieira da Silva e Arpad Szènes, entre 1932-1961. As cartas e a intimidade da palavra são pretexto para a exploração de uma visualidade íntima, onde a memória do séc. XX, século de exílios, se articula com a obra plástica de Vieira e Arpad, com elementos iconográficos das suas vidas e arquivos audiovisuais de épocas e geografias distintas, além de vários depoimentos relevantes.
Realização: João Mário Grilo | Origem: Portugal, 2021 | Género: Documentário | Duração: 1h30 | M/12 anos

6 de julho, 21h30 – “Peixe-Miúdo” + “Afinando Pessoas, Pássaros e Flores”, de Luís Margalhau
cartaz Afinando02 webPeixe Miudo

“Peixe Miúdo”
Sinopse:
Este documentário lança um olhar reflexivo sobre um contexto económico, social e cultural, que tem sido alvo de transformação nas últimas duas décadas. A comunidade piscatória do Estuário do Baixo Mondego, situada entre os concelhos da Figueira da Foz e Montemor-o-Velho.
Duração: 16 minutos | Ano: 2002
+
“Afinando Pessoas, Pássaros e Flores”
Sinopse:
Abra os ouvidos e Escute. À sua volta e dentro de si. Procure o canto dos pássaros, o rumor das canas, o murmúrio da água, o gemido dos eléctricos na calçada velha, o assobio do amolador nas vielas, um piano numa fábrica antiga, a canção que a sua avó lhe cantava.
Paulo Maria Rodrigues faz-se, pelo seu trabalho, um empreendedor de sonhos: com uma formação multidisciplinar da Agronomia à Engenharia Genética, passando pela Royal Academy Music, ele desperta na criança, por meio da arte, a receptividade para o mundo envolvente e a consciência da versatilidade da comunicação.
Porque linguagem não é apenas falar e falar não se faz só por palavras, a arte de Paulo Maria Rodrigues é o principio da viagem por formas, cores e sons para um universo de infinitas possibilidades.
Duração: 1h05 | Ano: 2016 | Realização: Luís Margalhau

13 de julho, 21h30 – “Terra Queimada”, de Paulo Fajardo

Cartaz Para Alm da Memria CAE web
20 de julho, 21h30 – “Para Além da Memória”, de Miguel Babo
10 de agosto, 21h30 – “A Uma Hora Incerta”, de Carlos Saboga
17 de agosto, 21h30 – “Por Onde Escapam as Palavras”, de Luís Albuquerque
24 de agosto, 21h30 - "Silvestre”, de João César Monteiro
31 de agosto, 21h30 – “Pára-me de Repente o Pensamento”, de Jorge Pelicano

Auditório João César Monteiro | Quartas-feiras | 21h30 | Entrada gratuita (mediante levantamento de ingresso na bilheteira do CAE)

 

____________________________________________________________
 

cae rodap

 
instagram png instagram logo site

cmffpb