Clepsidra web

9 de FEVEREIRO a 3 de JUNHO

Sala 2 | Entrada gratuita

 

No princípio o que havia para ver estava escrito na tela… Depois o que havia para dizer estava escrito na tela… Agora A. Ribeirinho pinta, com crueza, “janelas” abertas para que se leia o que está para além do que se vê.

Ribeirinho nasceu em Abragão no ano de 1961.

Horário:

De segunda a quinta-feira: 9h00 às 23h00

Sexta-feira: 9h00 às 24h00

Sábados: 10h00 às 24h00

Domingos e Feriados: 10h00 às 19h00

Dias de espetáculo: até ao final do espetáculo

 

cae rodap

Gentes do Mar

 

cmffpb