Exposições

foto 

IV Prémio Internacional Santiago Castelo

Sala 3 - de 29 de JULHO a 25 de AGOSTO

A Exposição de Fotografia do IV Prémio Internacional “Santiago Castelo”, promovida pela Eurorregião EUROACE (Alentejo, Centro e Extremadura) e pelo Centro Unesco da Extremadura, é inaugurada no próximo dia 29 de julho, pelas 17h30, na Sala 3 do CAE – Centro de Artes e Espectáculos da Figueira da Foz.
Criado em 2017 pelo Centro Unesco de Extremadura, o Prémio Internacional de Fotografia “Santiago Castelo” expandiu as suas fronteiras em 2019, associando-se ao 10º Aniversário da Eurorregião EUROACE, assumindo, desde esse momento, o património natural e cultural da EUROACE como referência.

A exposição é composta pelas 26 obras finalistas selecionadas pelo júri e que constituem uma mostra fotográfica diversa onde transparecem diferentes abordagens e perspetivas sobre o vasto património cultural e natural desta eurorregião.

O trabalho vencedor desta edição intitula-se “Aurum 03”, da fotografa Paula Anta, tendo a obra “Ponte da Ajuda “, de Ramsés Silva, recebido uma menção honrosa.

A exposição tem entrada gratuita e estará patente até ao dia 25 de agosto, encerrando, assim, a itinerância pelos territórios da EUROACE, que começou em Cáceres em 2020 e marca presença em Évora entre os dias 1 e 25 de julho.

Edição 2021
Atualmente, e, até 31 de Agosto de 2021, está aberta a convocatória para o V Prémio Internacional de Fotografia Santiago Castelo e as bases podem ser consultadas na página da CCDRC, em www.unescoextremadura.com , site da EUROACE ou nos principais sites dos concursos fotográficos.

Horário de visita:
Segunda a quinta-feira:
09h00 às 23h00
Sexta-feira: 9h00 às 24h00
Sábados e feriados: 10h00 às 24h00
Domingos: 10h00 às 19h00
entrada livre

 

cleansafe IGAC 03

cae rodap

castillho web

 

 Jose Antonio del Castillo

6 julho a 8 de agosto

Jose Antonio del Castillo nasceu em Cidade Rodrigo, em 1958. É Professor de Belas Artes (Madrid 1986).
A presente mostra reúne uma parte dos seus trabalhos mais recentes, em que usufrui da inspiração que a cidade da Figueira da Foz lhe tem proporcionado e que foi, em grande parte, motivo para as suas obras. Assim, é natural que na sua paleta esteja o azul para pintar os céus, os ocres para as terras e praias e o cinzento esverdeado para o seu mar.
Desde a Serra da Boa Viagem e Buarcos até Quiaios e Costa de Lavos, caminhou muitas horas contemplando e registando na memória a costa e suas paisagens, sempre inspiradoras como as suas gentes.


Sala Zé Penicheiro | Entrada livre

Horário:
Segunda a quinta-feira:
09h00 às 23h00
Sextas-feiras: 09h00 às 24h00
Sábados e feriados: 10h00 às 24h00
Domingos: 10h00 às 19h00

 

 
 

pt comunicado img 2

Sala 2 | Entrada livre

A exposição “International Surrealism Now” realiza-se no âmbito da comemoração do seu 11º aniversário. Esta mostra é um projeto criado por Santiago Ribeiro, artista surrealista português, tendo sido iniciado em 2010 na Fundação Bissaya Barreto, de Coimbra. Nestes 11 anos foi percorrendo vários pontos do país assim como exposições satélites nos Estados Unidos e Europa.
Esta exposição é composta por trabalhos de pintura, desenho, arte digital, escultura e fotografia, em que participaram 126 artistas de 53 países.

 

Artistas:

Achraf Baznani, Morocco / Agim Meta, Albania-Spain / Aissa Mammasse, Algeria / Alessio Serpetti, Italy / Alvaro Mejias, Venezuela / Ana Neamu, Romania / Ana Pilar Morales,  Spain / Andrew Baines, Australia / Asier Guerrero Rico (Dio), Spain / Axel Blotevogel, Germany / Brigid Marlin, UK / Bien Banez, Philippines / Can Emed, Turkey / Carlos Sablón, Cuba / Cătălin Precup, Romania / Chuang Chih Hui, Taiwan / Cristian Townsend, Australia / Conor Walton, Ireland / Cynthia Tom, China / USA / Dag Samsund, Denmark / Daila Lupo, Italy / Dan Neamu, Romania / Daniel Chiriac, Romania / Daniel Hanequand, France / Canada / Daniele Gori, Italy / Delphine Cencig, France / Dean Fleming, USA / Domen Lo, Slovenia / Edgar Invoker, Russia / Efrat Cybulkiewicz, Venezuela / Egill Eibsen, Iceland / Erik Heyninck, Belgium / Ettore Aldo Del Vigo, Italy / Fabrizio Riccardi, Italy Farhad Jafari, Iran / France Garrido, USA / Francisco Urbano, Portugal / Gabriele Esau, GermanyGenesis Cabrera, USA / Graça Bordalo Pinheiro, Portugal / Graszka Paulska, Poland / Gromyko Semper, Philippines / Gyuri Lohmuller, Romania / Hector Pineda, Mexico / Hector Toro, Colombia / Henrietta Kozica, Sweden / Hugues Gillet, France / Isabel Meyrelles, Portugal / Iwasaki Nagi, Japan / James Skelton, UK / Jay Garfinkle, USA / Jay Paul Vonkoffler, American / Argentine / Jimah St, Nigeria / Joanna Budzyńska-Sycz, Poland / João Duarte, Portugal / Keith Wigdor, USALeo Wijnhoven, Netherlands / Leo Plaw, Germany / Liba WS, France / Lubomír Štícha, Republic Czech / Ludgero Rolo, Portugal / Lv Shang, China / Maarten Vet, Netherlands / Maciej Hoffman, Poland / Magi Calhoun, USA / Marnie Pitts, UK / Maria Aristova, Russia / Mario Devcic, Croatia / Martina Hoffman, Germany / Mathias Böhm, Germany / Mehriban Efendi, Azerbaijan / Mitchell Pluto, USA Naiker Roman, Cuba / Spain / Nazareno Stanislau, Brazil / Nikolina Petolas, Croatia / Octavian Florescu, Canada / Ofelia Hutul, Romania Oleg Korolev, Russia / Olesya Novik, Russia / Olga Spiegel, USA / Otto Rapp, Austria / Paula Rosa, Portugal / Paulo Cunha, Canada / Pavlina Boroshova, Switzerland-Germany / Pedro Diaz Cartes, Chile / Penny Golledge, UK / Peter MC LANE, France / Philippe Pelletier, France / Radhika Menon, India / Richard Shannon, USA Roch Fautch, USA / Rodica Miller, USA /  Ruben Cukier, Argentine / Israeli / Rudolf Boelee, New Zealand / Russbelt Guerra, PeruSabina Nore, Austria / Sampo Kaikkonen, Finland / Santiago Ribeiro, Portugal / Sarah Zambiasi, Australia / Serge Sunne, Latvia / Sergey Tyukanov, Russia / Shahla Rosa, USA / Shoji Tanaka, Japan / Shan Zhulan, China / Shia Weltenmenge, Germany / Sio Shisio, Indonesia / Slavko Krunic, Serbia / Sônia Menna Barreto, Brazil / Steve Smith, USA / Stuart Griggs, UK / Svetlana Kislyachenko, Ukraine / Svetlana Ratova, Russia / Tatomir Pitariu, USA / Tersanszki Cornelia, Romania / Tim Roosen, Belgium Ton Haring, Netherlands / Victor Lages, Portugal / Vu Huyen Thuong, Vietnam / Yamal Din, Morocco / Spain / Yang Sumin, Taiwan / Yuliya Patotskaya, Belarus / Yuri Tsvetaev, Russia / Zoltan Ducsai, Hungary / Zoran Velimanovic, Serbia.

52 países: Albania, Algeria, Argentina, Australia, Austria, Azerbaijan, Belarus, Belgium, Brazil, Canada, Chile, China, Colombia, Croatia, Czech Republic, Cuba, Denmark, Finland, France, Germany, Hungary, Iceland, Indonesia, Iran, Ireland, Israel, Italy, Japan, Latvia, Mexico, Morocco, Netherlands, New Zealand, Nigeria, Peru, Philippines, Poland, Portugal, Romania, Russia, Serbia, Slovenia, Spain, Sweden, Switzerland, Turkey, United Kingdom, United States, Ukraine, Venezuela, Vietnam, India.

Horário de visita:
Segunda a sexta-feira:
09h00 às 22h30
Sábados: 10h00 às 22h30
Domingos e feriados: 10h00 às 19h00

 

 

cae rodap

Gentes do Mar

dupla 31 web

 

QUIMERAS

Pedro Hugo Ferreira

"A ideia deste trabalho fotográfico, de Hugo
Ferreira, intitulado de "QUIMERAS", surgiu
durante os confinamentos desta pandemia, tempo em que existiram
várias restrições para fotografar.
O autor resolveu explorar um universo
fantasioso, utópico, produto do seu imaginário.
Daí vem o nome "QUIMERAS", escolhido para o
projeto. Foram criadas várias composições, com
recurso a fotografias de sua autoria."


Sala Afonso Cruz | Entrada livre

Horário:
De segunda a sexta-feira: 9h00 às 19h00
Sábados: 10h00 às 13h00
Domingos e feriados: encerrado

 

 
 

Jardim Interior CAE DSC 9074

a partir de 24 de junho

Jardim Interior | Entrada livre

No dia 14 de novembro de 2019 o freixo do Largo da Misericórdia - Páteo de Santo António -, com cerca de 300 anos de idade e classificado em 2009 pelo ICNF como árvore de Interesse Público (ICNF: n.º processo KNJ1/537), foi abatido por motivos de debilidade e de segurança pública, após decisão devidamente sustentada em pareceres e avaliações técnicas e com a concordância do Instituto de Conservação da Natureza e Florestas (ICNF).

Plantado há 300 anos em frente ao edifício do Convento, que hoje acolhe o Lar de Santo António, o freixo tornou-se uma árvore majestosa com uma forte presença no local onde era já carinhosamente designado de “Freixo de Santo António.” Em 2018, sucumbiu à tempestade Leslie.

Reconhecendo que esta árvore era uma referência daquele espaço e da memória coletiva dos figueirenses, representando um valor importante na história e no património local, o Município preocupou-se em perpetuar essa memória e o simbolismo a ela associado.

E porque as árvores não morrem, do “Freixo de Santo António”, o escultor Paulo Neves talhou as presentes esculturas: Santo António, São João, São Pedro e São Julião, quatro dos mais estimados Santos da Figueira da Foz, que permanecerão preservadas neste renovado jardim interior do CAE e que, pela sua originalidade, não serão indiferentes aos olhares de quem por aqui passa.

 

Horário:

De segunda a sexta-feira: 13h00 às 19h30
Sábados: 14h00 às 19h00
Domingos e feriados: Encerrado
Dias de espetáculo: até ao final do espetáculo

 

cae rodap

Gentes do Mar

 
instagram png instagram logo site

cmffpb