Música

Cartaz Orquestrae com Jose Cid web

TicketLine net

DOMINGO, 24 de MARÇO, 16h00

Grande Auditório | 1h30 | M 6 anos | Entrada: 10,00 euros

O Orquestrae desta tarde junta em palco a Sociedade Filarmónica Quiaense e José Cid.
O mais antigo documento conhecido que se refere à Sociedade Filarmónica Quiaense tem a data de 14 de maio de 1824. No entanto, a sua formalização como associação só ocorreu em 25 de agosto de 1869 com a aprovação dos primeiros Estatutos. Tem um longo percurso dedicado em exclusivo ao ensino e divulgação da música, feito através da escola de música, coro litúrgico e filarmónica. Atualmente é composta por cerca de 55 elementos, a maioria com idade inferior a 20 anos, sendo dirigida pelo Professor e Maestro António José Loureiro Jesus.
José Cid é atualmente o mais importante cantor e compositor do pop rock português, e um ídolo da juventude, que vê nele uma referência da música atual. Poeta, compositor, instrumentista, produtor, músico e protagonista de sua própria obra, José Cid tem nas suas origens, como referência, o jazz, o fado, a bossa nova e o rock sinfónico. Com o tempo foi evoluindo para uma pop muito pessoal e poética, enquanto a sua voz lhe permite estar a um nível internacional que surpreende. O seu último disco, "Menino Prodígio", foi nomeado pela SPA, em fevereiro de 2016, para o melhor álbum de música portuguesa do ano. Em 2018, recebe o Globo de Ouro da SIC.

 

Cartaz Orquestrae com Cuca Roseta web

TicketLine net

SÁBADO, 20 de ABRIL, 21h30

Grande Auditório | 1h30 | M 6 anos | Entrada: 10,00 euros

 

Ao longo das suas nove décadas de existência, a Filarmónica de Lares, da Sociedade Instrução e Recreio de Lares (SIRL), atuou de norte a sul de Portugal. Desde sempre, tem sido seu apanágio oferecer ao público momentos musicais de indiscutível qualidade e virtuosismo. Presentemente, a Filarmónica possui 55 elementos com idades compreendidas entre os 9 e os 77 anos e a sua direção artística está confiada, desde 2006, ao Maestro Paulo Silva, que por inerência de funções é o coordenador da Academia de Música da SIRL e Maestro da Orquestra Juvenil.
Com o último álbum “Luz”, mais uma vez Cuca Roseta vai mais longe, sempre um passo à frente. Esse tem sido o caminho de revelação da fadista – que o tem percorrido descobrindo-se e revelando-se plenamente, como intérprete, autora, compositora, letrista, mulher inteira no fado. E sempre disposta a buscar-se a cada novo disco, a cada nova oportunidade de se mostrar a um público. Desta vez, é a convidada deste Orquestrae com a Banda Filarmónica de Lares.  

 

Brad Mehldau Trio FOTO

TicketLine net

Brad Mehldau Trio

dia 5 de outubro, 21h30

 

De Brad Mehldau já muito foi dito: soberbo na sua formação e técnica clássica, Mehldau é alguém que transforma jazz standards em fugas Bachianas; que transforma êxitos de Rock nas mais brilhantes composições de Jazz; que tem uma mão esquerda capaz dos mais intrínsecos arpeggios; que a sua mão direita executa complexos exercícios; que tem dois cérebros; que não é deste mundo. Brad Mehldau é sem sombra de dúvida um dos mais consensuais nomes do Jazz contemporâneo e um dos mais brilhantes compositores e executantes das últimas décadas.

O regresso a Portugal em formato Trio com Jeff Ballard e Larry Grenadier acontece em outubro de 2019, trazendo na bagagem temas do novo trabalho em trio “Seymour Reads The Constitution”.

Entrada: 27,50€ | M 6 anos | Duração: 1h30

 

Cartaz Orquestrae com Ana Lains web

TicketLine net

DOMINGO, 12 de MAIO, 16h00

Grande Auditório | 1h30 | M 6 anos | Entrada: 10,00 euros

A filarmónica da centenária Sociedade Artística Musical Carvalhense (S.A.M.C.) conta atualmente com 53 músicos, com uma faixa etária entre os 12 e os 27 anos. Tem direção da Maestrina Renata Maria da Silva Oliveira, a qual cumula responsabilidades de coordenação da área da formação. A Escola de Música da S.A.M.C. é outra das suas componentes-mor. Em 2004, fundou a sua Banda Juvenil composta por cerca de 25 jovens músicos. A Filarmónica recebe anualmente vários convites para cerimónias religiosas e institucionais, eventos sociais, concertos, entre outros.
Em Portugal, Ana Laíns gosta de ser conhecida como “Cantora Colorida” e é considerada uma das mais bonitas vozes da Língua Portuguesa. Colorida pelas cores de um país que é a sua grande paixão, e que pintam a sua música desde 1999, ano em que se torna cantora profissional após ter vencido a “Grande Noite do Fado” de Lisboa, no Coliseu dos Recreios. Depois do álbum de estreia “Sentidos” (2006) e de “Quatro Caminhos” (2010), no final de 2017 surge “Portucalis”, o disco que valeu à cantora as nomeações nas categorias para Melhor Cantora Portuguesa, Melhor Canção e Melhor Concerto.

 

CAETANO MORENO ZECA TOM VELOSO

TicketLine net

CAETANO MORENO ZECA TOM VELOSO | “Ofertório”

dia 3 de julho, 22h00

Caetano Veloso, na companhia dos seus filhos, Moreno, Zeca e Tom, regressa a Portugal em Julho, para apresentar o mundialmente aclamado “Ofertório” que, em 2018, esgotou dois Coliseus de Lisboa e um Coliseu do Porto. Uma oportunidade única para ver ou rever “um dos mais belos espetáculos do mundo”.

 “No show apresentaremos algumas dessas coisas que cresceram em nós, de nós. E canções minhas escolhidas por eles. "O Leãozinho", que os filhos de tanta gente pedem, os meus não deixaram de pedir. E coisas como "Reconvexo" têm de estar ali confirmando a linhagem. Há clássicos de Moreno e canções novas de todos (inclusive minhas). (.... É um show familiar, nascido da minha vontade de ser feliz”. (Caetano Veloso)

Entrada: 50,00; 60,00 euros | M 6 anos | Duração: 2h00

 

 
instagram png instagram logo site

cmffpb